Adultos

Lição 6 - Quem domina a sua mente III

ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO BELÉM - SETOR 31 - ERMELINO MATARAZZO - SÃO PAULO/SP

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2019

Adultos - BATALHA ESPIRITUAL - O povo de Deus e a guerracontra as potestades do mal

COMENTARISTA: ESEQUIAS SOARES DA SILVA

COMENTÁRIO: EV. MARCOS JACOB DE MEDEIROS

LIÇÃO 6 - QUEM DOMINA A SUA MENTE

Texto: Filipenses 4.4-9

Introdução: Os substantivos ‘mente’, ‘sentimento’ e ‘entendimento’ pertencem à esfera do intelecto, que permite à pessoa aprender, desejar, pensar e agir

I - SOBRE A EPÍSTOLA AOS FILIPENSES

1. A doutrina

1.1. Filipos: era uma colônia romana, e uma das principais cidades da Macedônia

. Paulo esteve lá na sua segunda viagem missionária

. Os filipenses consideravam-se romanos (At 16.21)

1.2. A carta foi escrita no ano 62 ou 63 d.C.

. Os filipenses estavam num clima de perseguição

. Paulo estava na prisão

1.3. A carta tem como objetivo ao amor recíproco do Apóstolo Paulo (Fp 1.7-9; 4.1)

1.4. Paulo, capítulo 3, menciona os legalistas

1.5. Não havia nada de muito grave na Igreja que o apóstolo precisasse corrigir.

2. O relacionamento

2.1. Havia alguns problemas de relacionamentos entre eles (Fp 1.27; 2.3,14)

2.2. Paulo fez um pedido para que ajudassem a Evodia (Fp 4.2)

2.3. Paulo pede para que os irmãos tenham os mesmos sentimentos que houve em Cristo (Fp 2.5)

3. O ensino

3.1. Filipenses é uma epístola prática

. A alegria é um dos temas.

3.2. Alguns pensamentos teológicos aparecem casualmente (Fp 2.5-11)

3.3. A Igreja de Filipos é um exemplo a ser seguido

II - SOBRE A 'MENTE' NO CONTEXTO BÍBLICO

1. A mente como faculdade psicológica

1.1. Mente (Gr: nous): ‘mente, entendimento, intelecto, pensamento, sentido’

. Rm 11.34; 1Co 2.16; 14.14; 2Co 11.3

1.2. O termo ‘mente’ da nossa lição significa ‘compreensão, raciocínio, pensamento e decisão

. Paulo refere-se ao ‘eu’ regenerado em contraste com a carne (Rm 7.25) (na nova Almeida Atualizada)

. É com essa mente cristã que desejamos a mente de Deus (Rm 8.2)

2. A mente como forma de pensar

2.1. ‘mente’: disposição, atitude

. Negativo (Cl 2.8) Nova Almeida atualizada

. Positivo (1Pe 4.1)

2.2. Ter a ‘mente’ de Cristo é pensar como Ele.

2.3. ‘mente’ (Gr: noema) ‘Pensamento, mente’ (é a faculdade geral para julgamento: decisões, certo ou errada

. É o entendimento da vontade divina concernete à salvação (2Co 10.5)

. Esse ‘noema’ pode se corromper (2Co 11.3)

. Esse ‘noema’ pode se tornar endurecido (2Co 3.14)

. A ponto de impedir a iluminação do evangelho de Cristo (2Co 4.4)

3. Espírito

3.1. Espírito (Gr: Pneuma)

3.2. Espírito no sentido de ‘ser, atitude, forma de pensar’ (Gl 6.1)

. É também usada em contraste entre o divino e o meramente humano

( Mc 2.8; At 17.16; 1Co 2.11; 5.5; Cl 2.5)

4. Coração

4.1. O coração aparece na Bíblia como o centro da vida física, espiritual e mental; emotiva e volitiva

. É a fonte de vários sentimentos (Pv 25.20; Is 65.14)

. É a sede do pensamento e da compreensão (Dt 29.4; Pv 14.10)

. É o chamado ‘homem interior’ (Mt 22.37; 2Co 9.7; Rm 2.5; Pv 4.23)

III - SOBRE A MENTE DE CRISTO

1. O sentimento de alegria

1.1. O Senhor Jesus é a fonte inesgotável de alegria (Fp 4.4)

. É a fonte da nossa força (Ne 8.10)

1.2. ‘Equidade’ (compreensivo, bondoso) (Fp 4.5)

. É a atitude de quem tem a mente de Cristo

1.3. ‘Perto está o Senhor’ (Fp 4.5)

. Diz respeito à vinda de Cristo (Ap 1.3; 22.10)

2. Nossa gratidão a Deus

2.1. Mesmo nas dificuldades, quem tem uma mente guiada por Cristo não se desespera

. Ora com ação de graças (Fp 4.6)

3. A paz de Deus

3.1. Na vida do crente, a paz excede todo entendimento (Fp 4.7)

Conclusão: Há pontos na fé cristã que são inegociáveis, e quem é dominado pelo Espírito não abre mão de sua fé nem cede um milímetro sequer de sua fidelidade a Deus.

COLABORAÇÃO PARA O PORTAL ESCOLA DOMINICAL - EV. MARCOS JACOB DE MEDEIROS

Copyright © 2003 - 2019 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.