• Lição 13 - Uma vida de frutificação V

    Lição 13 - Uma vida de frutificação V

    SUPERINTENDÊNCIA DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS EM RECIFE-PE Leia Mais
  • Lição 13 - Uma vida de frutificação

    Lição 13 - Uma vida de frutificação

    ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO BELÉM - SEDE - SÃO PAULO-SP Leia Mais
  • Lição 12 - Quem ama cumpre plenamente a lei divina IV

    Lição 12 - Quem ama cumpre plenamente a lei divina IV

    ASSEMBLEIA DE DEUS – IBOTIRAMA – BAHIA Leia Mais
  • Apêndice 2: A mortificação da carne

    Apêndice 2: A mortificação da carne

    ASSEMBLEIA DE DEUS – MINISTÉRIO DO BELÉM Leia Mais
  • Lição 12 - Quem ama cumpre plenamente a lei divina II

    Lição 12 - Quem ama cumpre plenamente a lei divina II

    ASSEMBLEIA DE DEUS - MONTE TABAOR/IMPERATRIZ-MA Leia Mais
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Próximo Evento

Domingo, 18:30 - 20:30

Participação no culto dominical noturno da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Ministério do Belém

Lição 1 - As obras da carne e o fruto do espírito III

ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO BELÉM - SETOR 31 ERMELINO MATARAZZO, SÃO PAULO/SP

COMENTARISTA: OSIAS GOMES DA SILVA

COMENTÁRIO: EV. MARCOS JACOB DE MEDEIROS ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO BELÉM - SETOR 31 ERMELINO MATARAZZO, SÃO PAULO/SP

Texto: Gálatas 5.16 – 26

Introdução:Para vencer as obras da carne precisamos andar em Espírito.

I. ANDAR NA CARNE X ANDAR NO ESPÍRITO

1. O que é a carne?

1.1 Carne ‘sarx’ : Essa palavra é utilizada para designar a natureza adâmica que domina o velho homem e o leva a praticar as obras da carne relacionadas em Gálatas 5.19-21

1.2 Edward Robinson, no seu dicionário de grego do Novo Testamento, utiliza a palavra sarx para descrever a natureza exterior que difere do homem interior (Lc 24.39).

1.3 A palavra carne, no aspecto teológico, denota a fragilidade humana e a sua tendência ao pecado. Ela é a sede dos apetites carnais (Mt 26.41).

2. O que é o espirito?

2.1 Espírito (Pneuma (Gr)): Esse termo significa sopro, vento, respiração e principio da vida

2.2. Esse vocábulo também descreve o espírito que habita no homem o qual foi soprado por Deus (Gn 2.7).

2.3 segundo o pastor Claudionor de Andrade. O seu significado teológico vai multo além: "Espirito é a parte imaterial que Deus insuflou no ser humano, transmitindo-lhe a vida".

2.4 Essa palavra também é aplicada em referência a Deus (Jo 4.24).

2.5 A Terceira Pessoa da Santíssima Trindade é Identificada no Novo Testamento como o Espírito Santo (Lc 4.1; Hb 3.7)

3. Andar na carne x andar no Espírito.

3.1 Andar na carne

a. É uma vida dominada pelo pecado (Rm 8.8)

b. O viver na carne opera a morte (Rm 8.11; 1Co 6.14)

c. É ser dominado pela velha natureza adâmica (1Co 3.3)

d. Não procede de Deus (1Jo 2.16)

3.2 Viver no Espírito

a. Viver no Espírito conduz a vida eterna (Rm 8.11; 1Co 6.14)

b. Paulo aconselhou a andarmos no Espírito (Gl 5.16) . O Espírito Santo nos ajuda a viver em santidade . Sem o Espírito Santo não poderíamos agradar ao Senhor

c. Andar no Espírito e ter vitória sobre os desejos e os impulsos carnais (Stanley Horton)

3.3. Renda-se constantemente ao Espírito Santo

a. Deixa Ele ter o controle da sua vida

II. OBRAS DA CARNE, UM CONVITE AO PECADO

1. A cobiça.

1.1 Eva cobiçou o fruto da árvore que Deus havia ordenado que não comesse (Gn 3.6).

1.2 A cobiça de Acã o levou à morte (Os 7.21).

1.3 Uma luta interna entre carne e Espírito (Gl 5.17).

2. A oposição da carne.

2.1 O Espírito deseja fazer a vontade de Deus, a carne a vontade do mundo.

2.2 Venceremos contra os desejos da carne, quando andarmos no Espírito (Gl 5.16).

2.3 É uma luta interminável. Até o dia em que recebermos um corpo glorificado (Fp 3.21).

2.4 Para o crente existem duas maneiras pelas quais ele pode viver: na carne ou no Espírito.

III. FRUTO DO ESPÍRITO, UM CHAMADO PARA SANTIDADE

1. O que é o fruto do Espírito?

1.1 "o fruto do Espírito são os hábitos e princípios misericordiosos que o Espírito Santo produz em cada cristão". (Dic. Wycliffe).

1.2 Precisamos desenvolver o fruto do Espírito para a nossa santificação (Rm 6.22).

1.3 Ao desenvolvermos o fruto em nós, a nossa comunhão com Deus será mais vivenciada.

a. Sentiremos Deus mais perto (Is 55.6).

2. Os frutos provam a nossa verdadeira santidade.

2.1 Os frutos da carne geram o pecado (Tg 1.15)

2.2 O fruto do Espírito gera a santidade (Gl 5.22)

2.3 Como conhecemos uma árvore? Por seus frutos. (Mt 7.16)

a. O verdadeiro crente é reconhecido por seu caráter e suas ações (2Co 3.2; 2Rs 4.9)

3. A santidade que o Espírito Santo gera em nós.

3.1 Santidade através da Palavra. (Jo 17.17)

a. Deixamos de ser meninos (Ef 4.14)

b. Alcançamos a estatura de homem perfeito (Ef 4.13)

c. Os frutos vão aparecer (Lc 8.8)

3.2 Segundo os pressupostos bíblicos, a santificação do crente é:

a. Posicional: Somos uma nova criatura quando aceitamos a Cristo (2Co 5.17)

b. Progressiva: A santificação é um processo que vai se desenvolvendo ao longo da nossa vida (1Pe 3.18)

c. Final: Quando recebermos um corpo glorificado (Fp 3.12,13; 1Jo 3.2)

Conclusão:Permita que o Espírito Santo guie você pelo caminho certo e que Ele controle os seus desejos de modo que o fruto seja evidenciado em sua vida.

Portal Escola Dominical

  "O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento..." Oséias 4:6a  

Últimos Audios

Quinta - Mt 12.33 - As árvores e seus frutos
s1
Ev. Caramuru Afonso Francisco
Sexta - Jo 15.16 - Nomeados para dar frutos
s2
Ev. Caramuru Afonso Francisco
Sábado - Tg 5.7 - Paciência para esperar o fruto
s3
Ev. Caramuru Afonso Francisco

AJUDE A MANTER O PORTAL ESCOLA DOMINICAL

Com sua ajuda poderemos manter sempre viva a palavra de Deus

Faça uma doação

Nossos Canais

  • Portal Escola Dominical
  • Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
    

Quem está online?

Temos 40 visitantes e Nenhum membro online

Copyright © 2003 - 2017 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.