Adolescentes

Lição 7 - Relacionando-se nas redes sociais I

ASSEMBLEIA DE DEUS - MINISTÉRIO DO IPIRANGA - SEDE - SÃO PAULO/SP

PORTAL ESCOLA DOMINICAL

TERCEIRO TRIMESTRE DE 2017

Adolescentes: Vivendo em sociedade

COMENTARISTA: TELMA BUENO

COMENTÁRIO: JACIARA DA SILVA

LIÇÃO Nº 7 – RELACIONANDO-SE NAS REDES SOCIAIS

Para refletir

“"Tudo é permitido", mas nem tudo convém. "Tudo é permitido", mas nem tudo edifica". (1 Co 10.23- NVI).

O versículo acima nos mostra os limites da liberdade cristã. Somos livres do curso do mal que governa o mundo. Mas a liberdade que nos é dada, não é para fazermos tudo o que nos vem a mente. As práticas do dia a dia devem demonstrar a nós mesmos e as demais pessoa a glória de Deus que está em nós, através de nosso Senhor Jesus Cristo.

Texto Bíblico: 2 Tm 3.1,2.

O cristão e a internet

A internet realmente é ter um mundo pela frente. Assim é a web: incontestavelmente, um veículo altamente influenciador, criado entre as décadas de 1970 e 1980, mas só popularizado nos anos 1990. Nos dias atuais, é impossível pensar no mundo sem a Internet. Ela tomou parte dos lares de pessoas de todos os cantos do planeta. Estar conectado à rede mundial passou a ser uma necessidade imperiosa. Também está presente nas escolas, faculdades, empresas e diversos locais, possibilitando acesso às informações e notícias do mundo com apenas um clique. Hoje, podemos dizer que é um dos passatempos preferidos de jovens, adultos e crianças.

Quando nos dispomos a falar sobre a Internet voltada para o mundo jovem, intuitivamente estamos falando de elementos fundamentais, sem os quais os jovens já não conseguem viver hoje em dia: Google, Facebook, Whatsapp, e outros.

Sabemos que, tanto as redes sociais, como qualquer outro site, não têm limites de alcance. Podemos seguramente unir o poder de chegar a todas as nações e povos, de todas as línguas e dialetos, através das ferramentas virtuais e levar a verdadeira e genuína graça de Deus. Mas aí é que está o grande desafio para o jovem cristão!

Segundo informações, hoje em dia, menos de 10% dos jovens cristãos utilizam as redes sociais e a Internet para evangelizar.

Sabemos sim, que ela é uma ferramenta que pode ser usada tanto para o bem quanto para o mal, e que muitos aproveitam o anonimato que a virtualidade oferece aos ávidos pelo pecado e pela satisfação carnal, em especial os que buscam a pornografia, pedofilia, sexo ilícito, drogas, dentre muitos outros desvios de conduta.

Mas não podemos deixar de dizer que a Internet é, sim, uma grande aliada hoje na vida de qualquer ser humano e que, através dela, estamos conectados ao mundo: no entretenimento, na política, na cultura, na educação, na saúde, em qualquer fato que esteja acontecendo ou que já tenha ocorrido há milhões de anos.

Então, como você está utilizando essa ferramenta? Certamente você deve fazer parte de alguma rede social. Bom, e como está sua imagem nesses sites?

Muito se vê em jornais, revistas e televisão, que pessoas se passam por outras só para enganar crianças e jovens a fim de ter algum tipo de relação com eles. Vê-se também que, por causa da curiosidade, muitos acessam sites diversos e acabam pervertendo-se através de informações impróprias, e com isso, essas informações geram na mente muitos questionamentos. Isso é um pequeno exemplo do que pode acontecer com quem não está em comunhão com Deus. Por isso, devemos estar sempre vigilantes para não cairmos nas ciladas do Inimigo.

Grande parte dos jovens de hoje não têm mais o hábito de frequentar a Escola Bíblica Dominical. Sendo assim, não sabem nem mesmo por que fazem parte da Igreja de Cristo e qual é a sua principal missão nesta terra. Muitos resumem suas vidas nas suas páginas, mensagens, vídeos e músicas, fatos que prendem a atenção do jovem por um longo período.

Muitos se perguntam: “então é pecado usar a Internet?”

O Apóstolo Paulo dá-nos a resposta a essa pergunta, quando afirma em 1Co 6:12: ” Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas”. Concluímos, então, que O USO DA INTERNET NÃO É PECADO!

Os perigos da Internet

 Conheça as opções de privacidade das redes sociais que usa;

 Selecione que grupos de pessoas podem ver determinadas postagens: nem sempre é recomendável que alguém do seu ambiente profissional acompanhe suas atividades pessoais;

 Restrinja o que cada pessoa de suas redes pode acessar em seu perfil;

 Lembre-se que as empresas usam os perfis de redes sociais na seleção de candidatos;

 Só adicione pessoas conhecidas;

 Redes sociais podem potencializar a aderência a eventos. Mas é preciso saber usar essas ferramentas para evitar que eventos privados se tornem públicos;

 Separe os perfis profissional e pessoal: existem redes específicas para cada um (por exemplo, LinkedIn e Facebook);

 Avalie se é interessante usar softwares de interação entre as várias redes: isso permite que as informações postadas em uma rede sejam vistas por grupos de outras;

 Antes de publicar uma informação, pense se aquilo pode ser comprometedor num futuro próximo ou distante;

 Não forneça informações que possam colocá-lo em perigo: “estou sozinho em casa”, “comprei algo valioso” e fotos mostrando situações de ostentação podem atrair pessoas mal-intencionadas;

 Os pais precisam conhecer a rede social da qual seus filhos participam, para poder orientá-los sobre o uso seguro;

Conclusão

Jovens verdadeiros cristãos, temos a obrigação de sermos reconhecidos como tal onde quer que estejamos ou no que quer que façamos! Temos que dar bom testemunho, não apenas na igreja, mas para os de fora, tanto pessoal quanto como virtualmente.

Como jovem cristão, você deve deixar claro que serve a Deus, o criador dos céus e da terra e de tudo que neles há. A nossa expectativa é ajudar essas pessoas a encontrarem o verdadeiro amor de Deus, a verdadeira palavra da Graça de Deus.

Na rede não existem limites. Seu conteúdo é vasto. Use-a e faça a diferença, mostrando para seus amigos e colegas que você tem um compromisso sincero com Deus. Compartilhe essa graça tão maravilhosa. Muita gente está esperando para “curtir”. Seja um instrumento de Deus também no mundo virtual. Nas redes se encontram um dos maiores ajuntamentos de pessoas que você possa imaginar. Use suas redes sociais para, com sabedoria, testemunhar o amor de Deus e que Cristo vive através de você.

Fonte consultada:

• BÍBLIA. Português. Bíblia Shedd. Tradução João Ferreira de Almeida, Revista e Atualizada. 2ª Edição, São Paulo, Editora Vida Nova, 1997.

Colaboração para Portal Escola Dominical – Profª Jaciara da Silva

Copyright © 2003 - 2017 Portal Escola Dominical todos os direitos reservados.